ELEMENTOS DA MÚSICA

O Som e seus parâmetros:

Altura, Intensidade, Timbre e Duração

Ondas Circulares
Ondas Circulares

O som se propaga em qualquer meio de forma semelhante às ondulações na superfície de um lago.

Pitágoras
Pitágoras

O filósofo e matemático Pitágoras fez a primeira experiência científica da história. Através de seu "monocórdio"ele estudou as relações matemáticas existentes nas escalas musicais de seu tempo.

O Ouvido Humano
O Ouvido Humano

O ouvido humano é capaz de perceber sons em determinada faixa de onda, que vai dos 20 aos 20.000 Hertz de frequência.

Ondas Circulares
Ondas Circulares

O som se propaga em qualquer meio de forma semelhante às ondulações na superfície de um lago.

1/3

O QUE É SOM?

O Som é o resultado de uma vibração que percebemos auditivamente. Tudo na natureza vibra.  Toda vibração necessita de um meio material, sólido, líquido ou gasoso, para poder se propagar. O que chamamos de Som é o resultado dessas vibrações que atingem nosso aparelho auditivo e são decodificadas pelo nosso cérebro.

A velocidade de propagação das vibrações depende do meio. Quando uma vibração se propaga, ela o faz de forma circuncêntrica, tal qual as ondulações formadas na superfície de um lago quando jogamos uma pedrinha. Por isso, essas vibrações são chamadas de ondas sonoras. Normalmente a velocidade de propagação das ondas sonoras é maior nos sólidos e menor nos gases. Esta velocidade também depende da temperatura a que o meio de propagação se encontra.

A cada segundo, o som percorre 340 metros de distância.

Não há propagação de som no vazio (ou vácuo - no espaço, por exemplo), devido à ausência de partículas.

As características do som dependem do corpo que vibra. Podemos produzir sons percutindo, sacudindo, friccionando, dedilhando, soprando ou por interferência eletrônica.

As ondas produzidas pela vibração de um corpo qualquer podem ser:

- ONDAS REGULARES: ondas que produzem sons de alturas definidas, chamados de “sons musicais” (produzidos por ondas periódicas);

- ONDAS IRREGULARES: ondas que produzem sons de altura indefinida, chamados de “ruído” por alguns teóricos (são produzidos por ondas aperiódicas.

 

Todo e qualquer som possui 4 características ou parâmetros. São elas:

ALTURA

CARACTERÍSTICA QUE REVELA SE O SOM É GRAVE, MÉDIO E AGUDO.

Depende da frequencia da onda, do número de vibrações por segundo, e de sua regularidade. Quanto mais ALTA a freqüência da onda sonora, mais AGUDO será o som. A voz do homem tem frequencia que varia entre 100 Hz e 200 Hz e a da mulher, entre 200 Hz e 400 Hz. A voz do homem costuma ser grave, enquanto que a da mulher costuma ser aguda. 

INTENSIDADE

CARACTERÍSTICA QUE REVELA SE O SOM É FORTE OU FRACO (SUAVE).

Depende da força com que o corpo é vibrado, da força das vibrações produzidas. Quanto mais energia for aplicada no processamento das vibrações, maior será a AMPLITUDE da onda sonora e portanto mais forte será o som.     A força de um som, sua AMPLITUDE,  é medida em DECIBEL. De acordo com a escala de decibéis, o som que mede 1 decibel (1 dB) é extremamente suave e sua intensidade é apenas suficiente para transpor nosso “limiar de audição”.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

TIMBRE

CARACTERÍSTICA QUE REVELA A QUALIDADE OU “COR” DE UM SOM.

Depende do material do corpo que vibra.     É PELO TIMBRE QUE RECONHECEMOS A DIFERENÇA ENTRE O SOM DE UM TROMPETE,  DE UM VIOLÃO OU DA VOZ DE NOSSOS FAMILIARES.     Diversos fatores são responsáveis pelo timbre de um som:  - o material do corpo que vibra, - o modo como são produzidos os sons (se percutidos, se friccionados, se soprados, etc). Porém, o fator mais importante diz respeito aos HARMÔNICOS.

 

O que vêm a ser os harmônicos?

São vibrações “secundárias” produzidas simultaneamente quando um corpo vibra. Qualquer corpo quando vibra, vibra em seu todo, em sua metade, em seu terço, em seu quarto, em seu quinto, etc, infinitamente. A vibração primordial é chamada de geradora ou fundamental, as outras são chamadas de harmônicos. Esses sons possuem relações de proporção com o som gerador e o “colorem”, dando uma “identidade” única para cada som. Alguns instrumentos ou fontes sonoras geram mais harmônicos que outros. É a potência relativa dos harmônicos e a maneira como se misturam que dão o timbre ao som.

 

Relação entre freqüência e pulso

Cada nota da escala musical (dó, ré, mi, fá, sol, lá si, dó) possui uma freqüência (que vai dos graves para os agudos), medida por pulsos regulares (pulsos equivalem a ondas). Conforme as alturas vão ficando mais agudas, aumenta a velocidade da pulsação. A oitava (intervalo entre o dó – que podemos chamar de som fundamental –  mais grave e um dó mais agudo) corresponde a uma relação de 2/1 do som fundamental. A quinta (intervalo entre o dó e o sol) corresponde a uma relação de 3/2. É interessante notar que a consonância depende de uma menor defasagem entre os pulsos das alturas relacionadas. Um dó soando com um ré ao mesmo tempo é desconfortável pela grande defasagem. Já um dó soando com um sol possui um nível de consonância grande devido à pequena defasagem entre seus pulsos (suas freqüências). Entrar em fase significa “bater junto”, os pulsos batem juntos ou em defasagem.

OBS: O áudio acima é umas das faixas de um trabalho realizado pelo professor, músico e compositor Helio Ziskind. "O Som e o Sint" é um CD que acompanha o livro "O Som e o Sentido" de José Miguel Wisnik, ed. Companhia das Letras e Círculo do Livro (1986). Análises sonoras de exemplos significativos de 3 sistemas musicais: modal, tonal e dodecafônico.

DURAÇÃO

CARACTERÍSTICA QUE REVELA O TEMPO DE EMISSÃO DE UM SOM.

Depende do tempo que duram as vibrações de um corpo. As diversas durações são utilizadas em combinação com uma regularidade básica, chamada de pulso ou pulsação. Essas variações são comumente chamadas de ritmos.

OBS: Nos vídeos abaixo você poderá encontrar muitas informações sobre o tema. Aproveite e boa pesquisa!

Tom e pulso - Helio Ziskind
00:0000:00

Site com conteúdos relacionados com a física do som.

Site com conteúdos relacionados com a física do som.

 

Site com conteúdos relacionados com a física do som.

 

 

 

 

 

 

Please reload

PARA SABER MAIS

PARA VER E OUVIR